Consulta Aqui | O Home Office e as dores na região do cóccix.

O Home Office e as dores na região do cóccix.

O Home Office e as dores na região do cóccix.

O cóccix é uma pequena estrutura óssea, com formato em “V”, no final da coluna vertebral. É formado por três a cinco vértebras diminutas e rudimentares, porém, exercendo importante função de transferência de peso e sustentação da coluna vertebral.

A dor nessa região, conhecida por coccidínia, geralmente é decorrente de má postura, como se sentar de forma errada por um período longo, sobrecarga mecânica ou mesmo quedas.

“Nessa época de pandemia em que estamos vivendo, muitas pessoas estão trabalhando de suas casas e nem sempre contam com os móveis próprios dos escritórios, como cadeiras ergonômicas, mesas na altura correta e outros. Essa adaptação do mobiliário residencial para passar muitas horas diante de um computador, por exemplo, pode fadigar os músculos, causando dores nas costas, na região do cóccix e demais problemas inerentes à má postura”, explica o Dr. Rodrigo Vetorazzi, Médico Ortopedista do Consulta Aqui (Grupo HAS).

Praticantes de esportes como ciclismo ou remo, também podem sofrer de coccidínia devido ao tempo em que permanecem sentados e pela transferência de peso na região. Além dessas, outras causas e situações podem levar o paciente a essa enfermidade, como:

  • Parto;
  • Lesão ou acidente;
  • Tensão repetida ou prolongada no cóccix;
  • Estar acima ou abaixo do peso;
  • Envelhecimento;
  • Cisto pilonidal;
  • Hérnia de disco.

 

O diagnóstico da coccidínia é realizado através de exames clínicos, levando-se em conta o histórico médico do paciente e exames de imagem complementares. O ortopedista avalia a estabilidade do cóccix por meio de uma radiografia dinâmica da região e/ou através de tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Já o tratamento é realizado, principalmente, através da reeducação postural do paciente. “Correção da postura ao sentar-se, evitar longos períodos ininterruptos sentado e preferir assentos acolchoados são dicas importantes para a melhora dos sintomas. Contudo, nos casos mais graves, o uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos, fisioterapia, repouso e interrupção de atividades físicas serão necessários”, diz o Dr. Vetorazzi.

Em casos muito extremos, e quando todos os demais tratamentos falharem, a cirurgia também pode ser cogitada, inclusive, com a retirada do cóccix para cessar as dores.

“No mais, quaisquer incômodos e/ou dores, em especial na região da coluna, devem sempre ser investigados e tratados por um médico ortopedista, com o intuito de não se tornarem crônicas”, adverte o médico do Consulta Aqui.

Fonte: MCAtrês