Consulta Aqui | Caspas na sobrancelha – Causas, precauções e tratamentos.

Caspas na sobrancelha – Causas, precauções e tratamentos.

Caspas na sobrancelha – Causas, precauções e tratamentos.

A dermatite seborreica, popularmente caspa, é uma afecção crônica da pele e ocorre em áreas ricas em glândulas sebáceas, como sobrancelhas e couro cabeludo.

Sua causa não é totalmente conhecida, contudo, a inflamação pode ter origem genética ou ser desencadeada por fatores externos, como estresse emocional, baixa temperatura, abuso de bebidas alcóolicas, medicamentos e excesso de oleosidade na pele. A presença do fungo Pityrosporum ovale também pode provocar o quadro.

“A sobrancelha é uma área pilosa do rosto onde é muito comum esse tipo de descamação”, explica a Dra. Giovanna Mori Almeida, médica dermatologista do Consulta Aqui (Grupo HAS).

Rotina de vida saudável, boa alimentação e cuidados gerais com a pele, tais como evitar o uso de água muito quente no banho para garantir o controle da oleosidade no rosto, são dicas valiosas para evitar o aparecimento dessa incômoda condição. “O equilíbrio emocional e evitar o tabagismo também são fatores que ajudam e muito no controle da dermatite seborreica e outras doenças cutâneas”, diz a médica.

Outras orientações listadas pela dermatologista do Consulta Aqui são:

  • Lavar o rosto ao menos duas vezes por dia, com água fria e sabonete adequado para cada tipo de pele;
  • Retirar toda a maquiagem do rosto antes de dormir;
  • Ao usar lápis para sobrancelha, atentar à limpeza dos resíduos entre os pelos;
  • Hidratar a pele com produtos adequados;
  • Em peles naturalmente oleosas, utilizar produtos menos cremosos e mais aquosos.

Nos casos em que a dermatite seborreica nas sobrancelhas já está instalada, deve-se procurar um dermatologista. “Durante a consulta, conseguimos entender a rotina do paciente, os produtos que ele utiliza no rosto e seus hábitos gerais. De posse dessas informações, associadas ao exame físico da pele, temos condições de indicar o melhor tratamento para cada caso”, esclarece a dra. Almeida.

Já o tratamento, envolve sabonetes com substâncias especificas, tais como ácido salicílico e enxofre. Cremes e pomadas antifúngicas, corticoides e outros medicamentos também poderão ser prescritos pelo dermatologista.

Fonte: MCAtrês